Desenhe o seu futuro

"E que o resultado seja um negócio que já nasce competitivo e direcionado ao sucesso."

start-up e planejamento

STARTUP BRASIL

Internacionalização, startup de empresa, deslocamento e expansão da produção e da distribuição. Crescita é especialista em Startup no Brasil.

Pesquisas apontam que a principal barreira para a expansão é a falta de know-how especifico neste sentido. “Quero, mas não sei como fazê-lo”. De fato, o Startup é um processo complexo.

A Crescita se propõe como um parceiro com experiência internacional comprovada e com profundo conhecimento do território Brasileiro. Esse serviço pode abranger a uma grande variedade de realizações nas seguintes áreas: localização, dimensionamento, recrutamento e seleção, organização legal, fiscal, societária e trabalhista, gestão financeira, organizacional, comercial e mercadológica.

Decida fazê-lo contando com o apoio de especialistas.

Este serviço é indicado para os investidores nacionais ou estrangeiros com visão clara do potencial do Brasil no mercado globalizado.

Em permanente contato com a frente de operação, o investidor acompanha em detalhes cada passo da construção de seu novo empreendimento. O resultado é um negócio que já nasce competitivo e direcionado ao sucesso.

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

O processo de planejamento estratégico representa a melhor forma de enfrentar as constantes mudanças de cenário.

Para que estas mudanças, internas ou externas, sejam elementos de oportunidade e não de ameaça, é importante adquirir uma consciência completa sobre nós e sobre quem está ao nosso redor. É importante entender onde estamos, onde queremos e podemos chegar. É importante que todos os envolvidos sejam informados e formados, alinhados e motivados. É importante que a estratégia definida seja formalizada e que possa permear na organização. É importante que tal estratégia se torne a principal justificativa da execução, de todas as operações cotidianas.

Para que isto aconteça são organizados workshops, palestras, reuniões com a Diretoria e com as lideranças, treinamentos, atividades de campo e auditorias. Todos os envolvidos aprendem realizando.

O principal benefício trazido pelo serviço é o alcance dos objetivos estabelecidos. Isto começa a acontecer de forma orgânica, envolvente, e traz a verificação dos resultados para a eventual correção das próprias estratégias.

Assim uma ideia empresarial se transforma em estratégia, e uma estratégia se transforma em objetivos alcançados.

SELEÇÃO TECNOLOGIA

A inovação é a força do novo que direciona os negócios e cria os caminhos para o futuro. Inovar quer dizer recombinar capacidades e recursos para obter resultados superiores e abrir novas perspectivas para os negócios.

Conhecendo a fundo as demandas por eficiência e desempenho, a Crescita tem bagagem sólida na seleção das ferramentas para criar e explorar a inovação.

Normalmente a implantação de um sistema de gestão apresenta problemas oriundos da lógica com a qual o processo de implantação começa. A seleção e, sobretudo a definição das necessidades deve ser uma tarefa do Cliente, não da desenvolvedora. Assim, os processos implantados na nova ferramenta, serão aqueles que a sua empresa precisa, evitando o empasse gerado pelo conflito entre necessidade e produto adquirido … e investimentos desnecessários.

BUSINESS PLAN

Muitas boas ideias de negócio não são concretizadas ou não alcançam o sucesso esperado porque não são suportadas por um plano de negócio.

Porque a ideia é boa? Quais são os produtos/serviços? Quem são os Clientes? Quantos são? Como pensam? Porque comprariam de nós? Quem são os concorrentes? Como distribuiremos? Quais benefícios tangíveis para os Clientes? Qual é o valor percebido? Qual é o preço? Qual será o volume vendido? Qual é o modelo organizacional? Quais são os custos para operar? Qual é a logística a ser estruturada? Quais os perfis dos recursos humanos necessários? O que pode dar errado? Qual é o plano de contingência? Quais fatores políticos, econômicos, sociais e tecnológicos podem ter impacto no negócio? Qual é o resultado financeiro esperado no primeiro ano? E no quinto ano? Qual é o fluxo de caixa previsto? Como financiaremos o negócio até o breakeven?

Estas são somente alguma das perguntas a serem respondidas. Uma ideia é uma intuição que precisa ser confirmada através de análises detalhadas. O business plan é uma “análise de laboratório” que deve ser elaborada antes de qualquer realização prática, é um documento de planejamento que permite a avaliação da viabilidade econômico-financeira e esclarecer as ideias obrigando a responder a temas chave para o sucesso.

Além do empreendedor, os possíveis destinatários de um business plan são os eventuais sócios, os potenciais investidores, Clientes e fornecedores.

O business plan pode ser utilizado para obter financiamentos e para monitorar as atividades, mas o escopo principal é “preparar o campo” para o sucesso.

PLANEJAMENTO ANUAL

O serviço é rápido, focado e tem uma relação custo/benefício inigualável.

A operação é realizada em etapas: coleta e estruturação das informações quantitativas disponíveis; alocação correta dos custos e construção ou reconstrução da DRE dos meses anteriores (1º output); realização de análise gráfica do período anterior (2º output); realização de projeções estatísticas (3º output) e adequação através de parâmetros previsíveis (tendências e mercado); identificação dos gaps e das áreas de oportunidade; elaboração de um documento programático (4º output) contendo as ações a serem implementadas; em função das ações, realização da nova previsão quantitativa (5º output).

Fazer este “exercício” juntos significa ter a oportunidade de enxergar o futuro de curto prazo (os próximos 12 meses) com profissionais que prestaram e prestam serviço para centenas de empresas. Conhecemos as melhores e as piores práticas, e já resolvemos situações extremamente complexas.

Entre outros, são evidenciados os seguintes indicadores/informações: margem de contribuição; lucro operacional; lucro líquido, faturamento por linha; faturamento vs ponto de equilíbrio; faturamento vs custos diretos; deduções, custos variáveis, custos e despesas fixas, custos extraordinários, etc.

Planejar em pouco tempo não é a solução mas, os gestores e proprietários assumirem compromissos fortes, claros e documentados, pode representar uma boa parte dela.

"Que as mudanças, internas e externas, sejam elementos de oportunidade e não de ameaça"

solicite informações!

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •